terça-feira, 25 de abril de 2017

O QUE NOS DIZEM OS LIVROS PERDIDOS CITADOS NA BÍBLIA?


INTRODUÇÃO:

1. Você sabia que existem vários livros mencionados na Bíblia que não existem mais?
2. Você já notou que a Bíblia faz alusão ou faz citação de livros desconhecidos?
3. Você percebeu que vários autores bíblicos fizeram referência a livros perdidos?

São 23 nomes diferentes:

1. Livros das Batalhas do Senhor (Números 21:14);
2. Livro dos Justos ou Jasar (Josué 10:13; II Samuel 1:18);
3. História de Salomão ou dos Atos de Salomão (I Reis 11:41);
4. História dos Reis de Israel (I Reis 14:19; etc.);
5. História dos Reis de Judá (I Reis 14:29; etc.);
6. Livro dos Reis de Israel (I Crônicas 9:1; II Crônicas 20:34);
7. Crônicas do Profeta Samuel (I Crônicas 29:29; I Samuel 10:25);
8. Crônicas do Profeta Natã (I Crônicas 29:29);
9. Crônicas do Profeta Gade (I Crônicas 29:29);
10. História do Profeta Natã (II Crônicas 9:29);
11. Profecia de Aías, de Siló (II Crônicas 9:29);
12. Visões do Profeta Ido (II Crônicas 9:29);
13. História do Profeta Semaías e História do Profeta Ido (II Crônicas 12:15);
14. História do Profeta Ido (II Crônicas 13:22);
15. História dos Reis de Judá e de Israel (II Crônicas 16:11);
16. História dos Reis de Israel – Crônicas de Jeú (II Crônicas 20:34);
17. Livro da História dos Reis (II Crônicas 24:27);
18. Atos de Uzias escritos pelo profeta Isaías (II Crônicas 26:22);
19. História dos Reis de Israel e de Judá (II Crônicas 27:7);
20. Visão do Profeta Isaías (II Crônicas 32:32);
21. História dos Reis de Israel (II Crônicas 33:19);
22. História dos Profetas ou dos Videntes (II Crônicas 33:19);
23. Livro de Registro ou das Crônicas (Neemias 12:23).

Destes 23 livros citados com nomes diferentes, alguns podem ser os mesmos, diferenciando apenas na forma em que foi citado. Mas, o que mais importa é saber o que eles têm a ver conosco hoje. Eles nos levam a entender que...

I. A BÍBLIA NÃO É UM APANHADO DE TODOS OS DETALHES HISTÓRICOS

1. Os livros desaparecidos citados na Bíblia são mais antigos que os textos que os mencionam.
2. Os livros desaparecidos são base para confirmar o que está sendo dito como prova de um evento histórico; eram documentos oficiais do governo, registros políticos, portanto, fidedignos.
3. Os livros desaparecidos eram mais abrangentes com maiores detalhes do que na Bíblia; porém, as informações citadas na Bíblia são mais relevantes para nossa compreensão de Deus, do plano da salvação e de como a história está sob a regência divina.

II. A BÍBLIA É BEM SELETIVA QUANTO ÀS INFORMAÇÕES QUE OS PECADORES PRECISAM

1. As breves informações históricas na Bíblia demonstram que Deus não Se perde e não quer que nos percamos em meio às informações irrelevantes.
2. As breves informações sobre acontecimentos históricos na Bíblia revelam que Deus permitiu que entrasse somente o essencial da história para transmitir verdades aos leitores ou ouvintes de Seu povo.

a) Na Bíblia temos o mais importante extraído daquilo que é importante.
b) Na Bíblia encontramos o essencial do essencial.
c) Na Bíblia nos deparamos com o suprassumo dos assuntos que precisamos conhecer. 

3. As breves histórias bíblicas demonstram que precisamos valorizar Sua mensagem mais do que a valorizamos (II Timóteo 3:14-17).

III. A BÍBLIA CONTÉM A MENSAGEM PRECISA QUE DEUS QUER NOS COMUNICAR

1. A Bíblia é mais que um livro de História, é a Palavra de Deus para a História.
2. A Bíblia é mais que um livro de Biografias, é a Palavra de Deus para construir nossa biografia.
3. A Bíblia não é um livro comum, ou escritura qualquer, é a mensagem singular, divina e miraculosa que Deus quer nos comunicar a fim de nos salvar da condenação do pecado.

CONCLUSÃO: 

1. Os livros citados na Bíblia que estão perdidos podem nunca ser achados, pois a nação conquistadora de um povo destruía todos os registros do mesmo para garantir que não se levantasse jamais.

a) Embora haja livros perdidos na Bíblia, nenhum livro se perdeu daqueles que Deus quis preservar.
b) Embora muitos livros se perderam na história devido a inúmeros motivos (tempo, guerras, catástrofes, acidentes, etc.), Deus não deixou a Bíblia se perder, pois necessitamos dela mais do que de qualquer outro livro escrito e publicado.

2. Os livros perdidos mostram-nos que, apesar de muitos livros terem sido completa ou parcialmente destruídos, a Bíblia foi preservada pelos séculos dos séculos, ainda que ela sempre fora o alvo das mais ferrenhas perseguições.
3. Os livros perdidos nos passam a mensagem que, se Deus não preservasse a Bíblia, seus oponentes a teriam eliminado assim que ela fosse escrita, ou teria se desfeito com o tempo.

APELO:

1. Valorize a Bíblia mais do que já a tenhas valorizado, ela é a Palavra de Deus.
2. Valorize mais a mensagem de Deus para ti do que tens feito na prática.
3. Valorize mais o conteúdo da Bíblia do que o conteúdo de qualquer outro livro.

Pr. Heber Toth Armí.

Postagens mais acessadas nesta semana